+Destaques

Secretaria de Saúde realiza ação de prevenção à Dengue no Atuba

A ampliação dos trabalhos foi planejada depois da constatação de 64 focos de Aedes aegypti no bairro e contou com a participação de 17 profissionais

Com o objetivo conscientizar a população em relação à proliferação do mosquito Aedes aegypti, principalmente nos meses endêmicos para a doença e que são justamente no período mais quente do ano, compreendido entre novembro e março, a Secretaria Municipal de Saúde através do Departamento de Vigilância em Saúde e a Atenção Básica, organizou mais uma ação para reduzir contaminações provocadas pelo mosquito vetor da Dengue.

As justificativas para os trabalhos serem executados nesta localidade, se deram pela constatação de 64 focos do mosquito em vistorias anteriormente realizadas pelos agentes de endemias no bairro Atuba. Daí, a necessidade de realizar atividades conjuntas com a participação de agentes de endemias liderados pela Vigilância Ambiental e dos agentes comunitários de saúde, lotados na Unidade Básica de Saúde do Atuba, tendo sido priorizados os locais com maiores problemas para as vistorias.

A ação conjunta aconteceu no dia 25/02 com visitas nas residências, coleta de larvas, eliminação dos depósitos e orientações aos moradores da região sobre a prevenção à Dengue. “Nesta ação, participaram 12 agentes de endemias e cinco agentes comunitários de saúde. Foram realizadas 34 vistorias em imóveis e coletadas quatro amostras de larvas, que foram analisadas laboratorialmente pela Vigilância Ambiental e o resultado foi positivo para Aedes aegypti (mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela) em dois pontos, reforçando a importância das ações de prevenção ao mosquito.” Disse a coordenadora do Setor de Vigilância Ambiental Lucielly Fernandes Rosa.

Os agentes de endemias realizam ciclos de vistorias em todo o município durante todos os meses do ano. Já os agentes comunitários de saúde realizam durante a visita domiciliar, a inspeção para identificação de possíveis criadouros do mosquito transmissor, orientação e remoção mecânica de possíveis criadouros. E todos os grupos de Agentes lotados na Secretaria Municipal de Saúde, sempre estão uniformizados e portando o crachá de identificação. O morador pode entrar em contato com o setor de Vigilância Ambiental para realizar denúncias, solicitações, tirar dúvidas e obter informações sobre a área do município em que estão sendo realizadas as vistorias do Programa da Dengue no Município através dos telefones 3666-6846 e 3663-3321.

 

Pular para o conteúdo