Escola de Gestão Pública

Visita técnica – ampliando relacionamentos

Nesta segunda-feira, 11/09, a Escola de Gestão Pública fez uma visita técnica ao Colégio Menino Jesus. Além de conhecer a estrutura e corpo docente, Rosi Maria Milani Machado, diretora geral, apresentou os projetos e programas da unidade. Dentre eles, a implementação da Escola de Inteligência, referência mundial em educação socioemocional, que procura desenvolver as habilidades e competências recomendado pela ONU e fundamento da nova BNCC (Base Nacional Curricular).

Idealizado por Augusto Cury, o programa Escola de Inteligência, será conduzido pelo professor Lucas Ongaro Arcie, que vê como crucial uma formação escolar que não fique só no âmbito acadêmico, que seja integral levando em consideração a complexidade do ser humano. Em uma pesquise da Page Personal chegaram à conclusão que 90% das demissões ocorrem devido à falta de inteligência emocional e má conduta no ambiente de trabalho, por isso, urge uma formação que leve isto em consideração desde os primeiros passos da criança, para que o ambiente escolar seja saudável e as crianças desenvolvam essas habilidades dentro de si, para trabalhar com suas frustrações formando pensadores criativos, altruístas, não mero repetidores de informação.

(…) “imagine uma escola que não ensine apenas a língua portuguesa a crianças e adolescentes, mas também o debate de ideias, a capacidade de se colocar no lugar do outro e de pensar antes de agir e reagir para desenvolver relações saudáveis… ensine também a resiliência: capacidade de trabalhar perdas e frustrações”. Augusto Cury

Encantada tanto com a estrutura quanto com os projetos, a professora Valdinéa Souza, diretora da Escola de Gestão Pública, ressalta que visitas técnicas criam conexões e ampliam relacionamentos entre gestão pública e privada. Ao visitar outras unidades e/ou departamentos, o objetivo é sempre o mesmo… Busca de ideias, inovações e soluções para melhorar a qualidade dos serviços públicos oferecidos à população.

Skip to content